#Os35daAna
É verdade. Já somo 35!
Não que se note. Não que me pesem. Aliás, sinto-me cada vez melhor. Sabem a velha história do vinho do porto? Quanto mais velho melhor… parece cliché mas acho que não é mito 😁
A verdade é que também temos que fazer por isso, certo? Este último ano fiz bem por isso. Daquelas resoluções que planeamos sempre mas que não passam de um plano, este ano tirei tudo do papel (e da cabeça) e coloquei tudo em prática. Embora o normal seja fazer resoluções na passagem de ano, eu faço sempre no dia de aniversário. Adotei esta prática e tenho gostado. Serei a única? Espero bem que não 😂
 
Se há quem adore fazer anos, eu sou essa pessoa (pelo menos até agora, também já me avisaram que posso deixar de gostar a qualquer momento…quando começasse a somar, somar e a chegar aos “entas”).
Mas sabem, tive um dia muito feliz.
Primeiro porque passei o dia a fazer o meu lindo bolo de aniversário. Não ficou lindo??? 😍 Tive a preciosa ajuda da minha amiga Daniela. Passamos a manhã a fazer os cakes de chocolate, tivemos fotógrafo privado (o Marco, marido da Daniela). Sem a ajuda deles não havia bolinho. E acreditem que ficaram todos uma autêntica delícia. Bela manhã passada na Cozinha destes fantástico casal que tenho o prazer de os ter na minha vida.
De tarde passei para a montagem…não ficou como idealizei, mas gostei muito do resultado final.  
 
Se o dia correu bem, o fim de tarde correu melhor ainda.
Éramos 27. Consegui juntar num espaço só vários bocadinhos de mim. A todos agradeço novamente a presença. Porque sem vocês, o meu dia não teria sido a mesma coisa.
 
Tinha a minha mãe, o meu primo, uma amiga de uma vida, amigos do trabalho, da fotografia, da pós-graduação, do inglês … estava um espaço tão lindo com a luz de todos <3
O melhor de tudo: estavam ali para mim.
Posso fazer mais 35 em cima destes, mas vou guardar para sempre a imagem deste aniversário.
Quanto ao local do evento, tinha tudo para ser memorável, mas não foi.
Queria algo especial, que fizesse jus à data comemorativa. Escolhi tanto, pedi tantos orçamentos e fomos ter ao Forte São João, em Vila do Conde. A ideia prometia: Sunset com entradas volantes, jantar e Summer Party. Como estava tanto vento, mal aproveitamos o sunset. Estava tudo a bater o dente. Passamos para a sala para o jantar, tinhamos os couverts na mesa, serviram o creme de cenoura, como prato principal foi servido um crocante de vitela confitada com uvas passas e foie grás acompanha com ragú de couve portuguesa e cogumelos silvestres a finalizar com brick de pancetta e para sobremesa escolhi uma sinfonia de fruta. O creme estava agradável, a vitela estava saborosa a sinfonia bastante pobre. Quando demos por ela estavam a convidar-nos (estou a ser simpática) para sairmos da mesa porque a pista ia abrir. Sim estavamos a jantar na sala que funciona como pista de dança, no entanto, não fomos informados de horários e que antes da meia noite o jantar teria de terminar. Pormenores!

Ah, ainda não vos disse que o tem a foi coral. Os convites eram em coral, e cada convidado tinha na mesa uma pequena surpresa, tipo casamento 😉

E agora querem saber a receita do meu bolinho, certo?
Eu vou partilhar…porque só assim a vida faz sentido 😉

INGREDIENTES

Base do Bolo de Chocolate (por bolo – eu fiz 4)

  • 125 gr. de Chocolate em pó;
  • 2 chávenas de farinha Branca de Neve;
  • 1 chávena de açúcar amarelo;
  • 4 ovos;
  • Manteiga 
  • Fermento em pó qb;

Cobertura (para o bolo todo)

  • 400 gr. Queijo mascarpone; 
  • 400 gr. queijo para barrar;  
  • 100 gr. de açúcar em pó;  
  • 500 ml de natas; 
  • 4 folhas de gelatina:
  • Corante vermelho.

MODO DE FAZER

Base do Bolo de Chocolate


Começar por separar as gemas das claras e bater as claras em castelo até ficarem bem firmes.
Num recipiente, juntar a farinha, o chocolate em pó, o açúcar amarelo e o fermento. Misturar bem e adicionar a manteiga derretida, as gemas (ir envolvendo) e juntar as claras em castelo.

Para fazer o bolo em camadas, repeti este processo 4 vezes.

Cobertura  


Começar por demolhar as folhas de gelatina em água fria. Bater as natas. Quando as natas estiveram firmes, juntar os queijos, o açúcar e adicionar as folhas de gelatina já demolhadas em água fria. Adicionar o corante até ficar na cor desejada, eu quis coral. Levar ao frigorífico para que solidifique mais rapidamente.

Montagem  


Cada bolo deve ser cortado em três metades iguais (comprimento). A ideia é que faça o género de funil, o primeiro bolo com base mais larga, o segundo deverá caber dentro deste e assim sucessivamente.
Entre camadas espelhamos creme de queijo.
Quando a montagem estiver concluída, cobrimos todo o bolo com o creme. 

Fácil e bommmmmm