Quem faz anos em outubro? Este é um mês recheado, pelo menos no meu leque de amizades.
E como adoro fazer bolos, e comer ainda mais, fiz um bolinho de aniversário para uma das minhas amigas para a vida toda fez anos. Eu gostava de conseguir fazer para todas, mas nem sempre é possível.
 
Para esta teve que ser. Ela não gosta muito de exposição, e tem razão, por isso não vou entrar em detalhes. Apenas dizer-vos que a vida tem coisas incríveis e teima em colocar no meu caminho pessoas boas e do bem. Esta é uma delas. Como ela disse em resposta à minha mensagem lamechas de bem aniversário “podemos disparatar, amuar mas depois está tudo bem”. Bem verdade. Isto porque para além de tudo entendemo-nos, respeitámo-nos e gostamos muito uma da outra!
 
Tanto que somos muito confidentes também. E uma das coisas que a minha Joana sonha é casar. Por isso, quando fiz o bolinho para lhe cantarmos os parabéns na hora de almoço no trabalho tive que escolher algo adequado. Primeira porque não é fácil fazer um bolo para aquela copa. A Marcela é alérgica a morango e a chocolate. O Mário não gosta de côco. Portanto…. isto tem que ser bem afinadinho 😉
Mas era a Joana que fazia anos e tive que fazer um bolo à imagem dela. Li uma história que uma princesa havia feito um bolo que se tornara famoso. Resolvi investigar porque a Joana é a nossa princesa. Once upon a time….como resposta ao pedido de casamento do Príncipe da Pérsia, a futura princesa fez um bolo para oferecer ao seu futuro marido. Existem diferentes versões para a história (uns dizem que foi uma mulher anónima a fazer o bolo e foram felizes para sempre, outra que o bolo não entrou no castelo e a mulher comeu o bolo do amor todo) e para o bolo.

Em suma desta história toda, Gu a Joaninha quer muito fazer um bolo para ti 😉 (se é que me entendes).


Claro está que esta é a minha versão do bolo 😉
O que mais me agradou foi o facto de ser um bolo cheio de sabores e pouco doce. Na minha opinião, a mistura de sabores que se sente compensa o facto de ser um bolo pouco doce…mas bom,

INGREDIENTES

Para o bolo:

  • 200 gr de manteiga sem sal
  • 150 gr de açúcar
  • 4 ovos
  • 12 cápsulas de cardamomo
  • 100 gr de farinha peneirada
  • 275 gr de amêndoas moídas
  • 100 gr de pistáchios 
  • Raspas e sumo de 1 limão
  • 1 colher de sopa de água de rosas
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • Uma pitada generosa de noz-moscada
  • Uma pitada generosa de sal marinho 

 

Para a cobertura:

  • 150 gr de açúcarem pó
  • Sumo de limão
  • 2 colheres de chá de água fria
  • 2 colheres de chá de pistáchio picado 
  • 2 colheres de chá de pétalas de rosa secas

MODO DE FAZER

  1. Pré-aquecer o forno a 160 °C /. Untar uma forma de bolo de 22 cm e forrar com papel vegetal.
  2. Numa tigela grande, bater a manteiga e o açúcar juntos. Quando a mistura estiver bem misturada, bater os ovos.
  3. Separar as sementes do cardamomo e triturar até ficar em pó. Adicionar à mistura do bolo, juntamente com a farinha, amêndoas moídas, raspas e sumo de limão, água de rosas, pistáchios triturados, noz moscada, fermento em pó e sal. Misturar bem.
  4. Despejar a mistura na forma e levar ao forno por 45 minutos. 
  5. Para verificar se está pronto, enfiar um  palito no meio do bolo – deverá sair seco.
  6. Para a cobertura: Colocar o açúcar em pó, o sumo de limão e a água de rosas numa panela pequena em lume baixo e aquecer até o açúcar derreter e ficar uma massa grossa e macia.
  7. Colocar a cobertura sobre o bolo e terminar com pistáchio triturado e pétalas de rosa secas.