O Natal este ano veio mais cedo! Fruto da pandemia, é verdade, as ruas já se enchem de luzes e músicas de natal e eu já vi uns 6 filmes natalícios (RECORD :)). E foi imbuída no espírito que já preparamos a árvore de natal e até fizemos umas rabanadas…saudáveis.

Deve ser dos doces mais consumidos cá em casa. As rabanadas da mãe são uma receita já antiga, são boas boas boas. Ela faz um molho de vinho do porto que é qualquer coisa de delicioso. Mas…são bastante calóricas. Como começamos a fazer rabanadas muito antes do natal (parece que sabem melhor) não podemos abusar muito! Por isso, decidi reinventar e adaptar a receita da mãe a uma versão mais saudáveL.

O resultado foi aprovado cá em casa. Sabem a natal…. 😉

INGREDIENTES

  • Pão de rabanadas (cacete)
  • 3 ovos
  • 200 ml bebida vegetal (usei de amêndoa)
  • 2 paus de canela
  • 1 casca de limão
  • 1 csobremesa açúcar mascavado
  • 1 cchá essência de baunilha
  • canela em pó qb

MODO DE FAZER

Cortar o cacete em fatias generosas (tentar que fiquem todas da mesma grossura).

Bater os ovos com a essência de baunilha e reservar.

Num tacho, colocar a bebida vegetal, os paus de canela, a casca de limão e levar ao lume (sem deixar ferver).

Mergulhar as fatias na mistura da bebida vegetal (escorrer bem para não ficarem demasiado ensopadas) e passar pelo ovo. Repetir o processo para as restantes fatias e dispor sobre uma folha de papel vegetal.

Levar ao forno 10-15 minutos, virar as fatias e levar mais 5 minutos ao forno ou até ficarem douradinhas.

Polvilhar com canela e açúcar mascavado.